segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Não sou bom...

Sabem companheiros de viagem, eu não sou bom!
Não sou e não me sinto bom.
Sou como a Amy, a diferença está em que eu não estou "agarrado ao cavalo".



Sabem, sentirmo-nos imperfeitos, não é mau.
Perceber a nossa imperfeição ajuda a perceber onde podemos mudar e o que podemos mudar em nós.

Não sou bom das orelhas!

5 comentários:

Orquidea disse...

És bom das orelhas és...
Mais queriam muitos artistas fazer o tal truque orelhal...lol
Todos somos assim , deixa estar que eu ainda sou pior que tu, mas estamos cá para aprender.
Beijocas

Pin* disse...

falaste em orelhas?! deixa que as minhas n s melhores... e pior n sei fazer nehum troque c elas! eheh!
revi neste post a minha dificuldade, ou seja, vejo muitas vezes c os "olhos dos homens"... *

mary disse...

A fragilidade do homem é casa de acolimento do Poder e Grandeza do Senhor!...
O importante é reconhecermos em nós o desejo de cumprir a Sua vontade e de acolhe-la nas nossas vidas!

Beijo, meu 'coracíon' lol

mary disse...

...Qt às orelhas... deixa la, sabes que sofro do mesmo mal! =D

Coitado do 'Isaías'... não terá como se safar! lol

LUIS disse...

Olá!
Falando em imperfeições! Que´m será perfeito? Nenhum ser humano o é!A minha história é construída de imperfeições! Tento cada dia ser melhor! Mas.... enfim....sou imperfeito.