sábado, 26 de julho de 2008

a traição

Facilmente traímos, outras vezes somos traídos, assim... com a mesma facilidade, com a mesma gratuidade.

Quando falo de traição não falo de encornanço, estou a referir-me à possibilidade de nos revelarmos imperfeitos

3 comentários:

Orquidea disse...

Dependendo dos vários tipos e da circunstância que envolvem uma traição , esta deixa sempre sofrimento nas pessoas envlvidas e neste caso á pessoa envolvida.
Nós tambem nos traimos a nós proprios em certas ocasioes que a vida nos apresenta , traimos o nosso orgulho, a nossa vaidade , a nossa maneira de ser .No fundo enquanto o filme da nossa vida decorre acabamos por nos enganarmos a nós próprios.....não somos nada perfeitos.
Bjxx

Encornanço???Por amor da santa

Tana disse...

Confesso que o que saltou mesmo à vista.. foi a palavra encornanço..ja nao ouvia essa palavra há anos! AHAHAH

Que nunca ninguem te traia , seja da forma que for!
Um beijo fiel!

LUIS disse...

Olá!
Sorrisos maliciosos...Risos sarcásticos... Dá cá...Dá lá... nos cantos de uma rua, no convite para uma festa...um drink amigável..eu sei lá! podia dizer muito mais!
um gole de vinho...pode ter veneno!embebeda com hipócrisia...
É impossível suportar,o sabor da traição.
Infelizmente quase todos nós já passamos por situações de traições!Abraço.