segunda-feira, 3 de março de 2008

O amor acontece ainda ainda ainda...

O Collin apresenta-se como o rapaz que se sentia rejeita pelo amor, ou melhor pelo sexo oposto!
Na sua análise o problema residia nas miudas inglesas - chatas e snobes; decidiu empenhar tudo o que tinha na busca de uma miuda americana, bem mais descontraídas, menos preconceituosas...

Eu acho que o Collin acertou no diagnóstico, teve nota 20 na atitude!

No amor é preciso ter capacidade de análise para perceber a realidade e posteriormente ter atitude!



Um abraço, pode ser?

Um comentário:

pirikitta disse...

um abraço? claro que pode :)