segunda-feira, 31 de março de 2008

É preciso crescer!

Há uma frase que uma colega minha diz: TUDO É POSSÍVEL!

Esta frase inquieta-me, mas quando ouço: A DEUS NADA É IMPOSSÍVEL, acalma-me!

Ontem falava com uma amiga na net que me dizia que detestava esperar, ela dizia mesmo: ODEIO ESPERAR! Esperar é um verbo que a dilacera.

Queria escrever sobre a espera de alguém que se gosta - a espera do tempo certo - o também designado timing. Esperar por uma pessoa que sabemos que vai ser nossa não tem interesse nenhum, porque sabemos que mais dia menos dia, será nossa!
Esperar por uma pessoa que não sabemos que vai ser nossa tem o seu 'q' de heroísmo.

Esta espera por alguém, que não sabemos que vai ser nossa, passa também por saber alimentar a esperança!
A esperança engorda-se, tal qual um bácoro num chiqueiro! Contudo este processo de engorda, tem que ter uma substância concreta - a verdade, a intimidade, a proximidade, entre outras coisas!

Quando criamos uma proximidade virtual da sms, msn, entre outros... podemos estar a criar uma falsa proximidade!
Eu, uma vez, conversava isto com a Bete... esta falsa proximidade leva a querer a pessoa com intimidade, mas longe do olhar! Gostamos de ter aquela sms, aquela conversa de msn... mas no que toca ao estarmos juntos... são colocadas muitas reticências!

Porque o que queremos da pessoa é apenas aquilo, é apenas a sms que nos satisfaz e nada mais que isso!
Não se sente necessidade do toque, pele, cheiro, olhar...

Quando se gosta realmente pode haver sms, msn e tudo o resto, mas há um crescente querer estar junto!



Acredito nos sentimentos das pessoas, mesmo quando dizem que se gostam, eu acredito. Mas de qualquer modo, há formas muito particulares de gostar...
Quando me dizem gosto de ti.. eu sei o que me dizem, a intenção com que mo dizem e sei as expectativas das pessoas.

3 comentários:

pipa disse...

gosto de ti :)

mary disse...

O meu querer estar perto cresce, cresce, cresce... =D

m&m disse...

Gostei.. Crescemos..