quinta-feira, 13 de março de 2008

Sou um poço!

Ontem, enquanto falava com a Clarinha, pensava no seguinte:

SOU UM POÇO!

Sinto-me um poço, onde todos procuram água, aproximam-se e debruçam-se para te tentar ver a água: mas acabam por ver a sua própria imagem reflectida no fundo.

Como poço que sou, apenas sou imagem e revelo o que o outros são!

Muitos aproximam-se para tentar gritar para dentro do poço, para tentar afogar as mágoas... eu como poço apenas ecoo! Não me cabe a mim dar resposta, sou apenas o ECO daquilo que me transmites.
Se me procuras tentando que te dê conselho, vais embora triste porque apenas te escutaste a ti próprio, o teu eco...
Sabes isso não é mau, apenas ajudo a que te oiças a ti próprio... e às vezes é o primeiro passo para resolver um problema.

Não me importo de ser poço... podes aproximar-te... sabes que sou confidente!


P.S. Mais um vez, PARABENS MARIA!!!!

2 comentários:

pipa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pipa disse...

pois és... e dos bons!
eu adoro quando tu dizs que gostas é disto;P